• ALIX

VELOCIDADE DA INTERNET: O QUE MUDOU E POR QUE PRECISAMOS PENSAR NISSO? ANÁLISE TÉCNICA GRATUITA.

Atualizado: 22 de Out de 2021


Quando falamos dos links de internet (aquele famoso sinal que chega em nossa empresa e que as vezes nos deixa sem poder trabalhar), precisamos saber que recentemente houve uma mudança bastante grande nessa estrutura de entrega.


Talvez a falta de análise ou compreensão disso nos faça ficar com sinal reduzido ou ineficiente em nosso ambiente de trabalho.



Os principais meios de disponibilização desses links inicialmente eram feitos a partir de linhas telefônicas através de modens específicos; depois passaram aos pares metálicos com a linha ADSL (internet a cabo que trouxe junto a TV); existe uma distribuição de sinal por rádio e satélite; e agora por último a fibra ótica, que ganhou rede por nossas ruas e trouxe possibilidade de navegação mais rápida e com mais eficiência, mudando completamente o conceito de entrega de sinal.


E é exatamente ao acesso de fibra ótica que precisamos dar atenção, as operadoras de internet mudaram seus acessos para fibra ótica, mas não orientaram sobre a necessidade de análise dos equipamentos de distribuição dentro das empresas (principalmente modens, roteadores e switches), até porque o maior uso é residencial e para esses, a troca ou empréstimo do equipamento necessário para essa distribuição é automática.


Mas quando implantamos em nossa estrutura essa melhoria vinda da operadora, com velocidades que ultrapassam os 100MB de conexão (podendo passar de 1GB dependendo do local), se não tivermos um equipamento de distribuição compatível será impossível aproveitar toda essa melhoria e toda a capacidade de entrega que esse link poderia ter.


Conte com a ALIX e nosso time de Suporte Técnico Gerenciado para fazer uma análise técnica completa em sua empresa sem nenhum custo, podemos indicar a melhor adequação da sua estrutura, para que você possa navegar tranquilamente.


Entre em contato com a ALIX por WhatsApp AQUI e solicite sua ANÁLISE TÉCNICA GRATUITA.

Autoria: Marcio Figueiredo, consultor ALIX

7 visualizações0 comentário