• ALIX

Como fazer a checagem de fatos para não cair em Fake News

Atualizado: Mar 8

Um fenômeno que deve-se ficar atento quando navega pela internet são as “Fake News”, ou notícias falsas. Recebidas por WhatsApp, ou produzidas por sites falsos de notícias, elas tem como objetivo espalhar a desinformação, geralmente para favorecer um ponto de vista. Podem ser muito perigosas, e, por isso, deve-se tomar muito cuidado ao compartilhar informações. Confira algumas dicas para ter certeza se a informação que você recebeu é verídica.



Fique atento aos sinais. Desconfie de textos com apelo emocional ou sentenças generalistas. As Fake News também expõem soluções fáceis, simples e não embasadas para problemas complexos, com grande extremismo. São produzidas para que você se identifique com elas, e as compartilhe. Além disso, não leia apenas os títulos e manchetes, busque ler o texto completo, pois a matéria pode não ser exatamente como o título sugere.


Verifique sempre a fonte da matéria ou texto, e se não houver uma, desconfie. Pesquise em outros portais de notícias se algo está sendo falado sobre o mesmo assunto e leia mais sobre.


Se depois de tudo isso ainda surgirem dúvidas se a informação é verdadeira, existem mecanismos de checagem muito eficientes, como a Agência Lupa, que disponibiliza no Messenger do Facebook um bot que auxiliará na avaliação das informações. Se preferir a comunicação por WhatsApp, o Fake check, criada pela junção de pesquisadores da USP e da UFSCar, tem um robô disponível para fazer a checagem pelo fone (16) 98112-8986. Você tem diversos recursos para combater as fake news. Só não pode compartilhar desinformação!


Conheça as soluções de GESTÃO DE SEGURANÇA da ALIX


16 visualizações0 comentário