• Camila Silva de Souza

2 a cada 3 pessoas não compram de empresa que teve vazamento

Levantamento revela ainda que 85% dos entrevistados não confiam em empresas com histórico desse tipo de incidente de segurança



Matéria de: 05/05/2022

Fonte: Ciso Advisor


Pesquisa realizada pela PSafe entre abril e maio deste ano revela que 73,2% dos entrevistados não voltariam a fazer negócio com empresa que tenha sofrido vazamento de dados, o que corresponde a duas a cada três pessoas.


Outros 22,81% responderam que só seriam clientes dessas empresas caso não tivessem outra opção e apenas 3,99% responderam que voltariam a fazer negócio com companhias que tenham histórico desse tipo de incidente de segurança.


O levantamento ouviu 5.546 pessoas, usuários do aplicativo dfndr security, e as projeções utilizam como base o número de usuários do sistema Android no país, que seriam 131,1 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“O resultado da pesquisa acende um alerta para as empresas, uma vez que sua sobrevivência depende de clientes e 85,28% das pessoas responderam ainda não confiar em empresas que tiveram dados e informação publicados indevidamente”, analisa o CEO da PSafe, Marco DeMello.


O levantamento revela ainda que 74,01% das pessoas se sentem mais seguras em se cadastrar ou tornar-se cliente de empresas que garantam a proteção de dados. Portanto, além de adotar uma série de medidas de segurança, as empresas que desejam conquistar um espaço ainda maior com seu público precisam dar visibilidade às pessoas do que têm feito para blindar seus dados.

Do percentual que revelou ter ciência do vazamento de seus dados, 39,1% revelou ter descoberto com a tentativa de golpes, outros 20.86% receberam notificação da própria empresa e 19,17% foram avisados ao realizar um login.


“É absolutamente fundamental falarmos sobre prevenção aos vazamentos de dados, uma vez que temos visto que os incidentes são cada vez mais constantes. Em janeiro de 2021, revelamos um vazamento de dados de proporções históricas, que vitimou potencialmente a todos os brasileiros. A pesquisa, no entanto, indica que apenas 12,15% dos respondentes têm ciência de que seus dados foram vazados”, enfatiza DeMello.


Gosta das nossas publicações?

Para se manter atualizado, siga-nos nas redes sociais clicando no link abaixo:


www.linktr.ee/alixtecnologia


#alixtecnologia #segurançadainformação

#virusalert #malware #ransomware #segurancadainformacao #lgpd #tecnologia #cybersegurança #cybersecurity #protecaodedados #vazamentodedados #iot #direitodigital #tecnologiadainformacao #informatica #dadospessoais #dataprotection #redesdecomputadores #hacker #backup #privacidadededados #cienciadacomputacao #antivirus

5 visualizações0 comentário